UERJ UERJ Mapa do Portal Contatos
Menu
Home > Atualidades > Notícias
Pássaro tem pena superpreta com estrutura especial que absorve até 99,95% da luz

11/01/2018

Um estudo publicado nesta terça-feira (9) na "Nature Communications" mostra que a plumagem superpreta encontrada em algumas espécies de pássaros é produzida por um arranjo de microestruturas nas penas que permite que absorvam até 99,95% da luz que incide sobre elas.
Em várias espécies da família das aves-do-paraíso, encontradas na Oceania, os machos têm manchas de plumagem profundamente pretas e aveludadas imediatamente adjacentes a manchas coloridas. Essas manchas pretas têm uma aparência muito mais escura do que a plumagem preta normal de espécies similares.
Usando uma série de técnicas de análise, entre elas espectrofotometria e microscopia eletrônica de varredura, a autora principal do estudo, Dakota McCoy, da Universidade Harvard, e co-autores, investigaram como ocorre a absorção da luz em penas pretas de sete espécies de aves do paraíso. Cinco espécies tinham a plumagem com o preto mais profundo e duas espécies apresentavam somente o preto normal.
Os autores descobriram que as penas superpretas têm barbulas (ramificações das penas) altamente modificadas, dispostas em conjuntos inclinados e mais ramificados. A luz, quando bate nelas, se dispersa mais e, por consequência, acaba mais absorvida, porque a cada dispersão, uma porcentagem acaba absorvida.
Numa pena preta normal, parte da luz é absorvida, mas um parte muito maior é diretamente refletida para o observador, tornando a cor menos escura. As penas supepretas têm apenas um centésimo da capacidade de reflexão das penas pretas normais.
Os autores do estudo acreditam que essas penas superpretas evoluíram porque realçam o brilho das manchas de cores adjacentes, chamando a atenção das potenciais companheiras durante exibições de acasalamento.

Fonte: G1

Novidades

Prefeitura retoma programa de limpeza de rios, feito em mutirões com moradores de favelas

19/04/2018

Alvos constantes de poluição e de más práticas de preservação, os rios da cidade têm nova chance de ...

´Lixão´ vira horta comunitária cuidada por crianças e moradores em Araraquara

19/04/2018

Moradores e crianças do bairro Residencial Maria Luiza, em Araraquara (SP), transformaram um terreno...

Estudo encontra até 1,4 milhão de fungos e bactérias em latinhas e garrafas de ambulantes

19/04/2018

Aquele momento de matar a sede em engarrafamentos ou em passeios a pé precisa de mais atenção dos co...

Expedição descobre corais dentro de área destinada à exploração de petróleo na costa do Amapá

19/04/2018

Em nova expedição pelos corais descobertos nos últimos anos na foz do rio Amazonas, no Norte do Amap...

MPF pede que Ibama indefira exploração de petróleo na foz do Amazonas

19/04/2018

O Ministério Público Federal (MPF) no Amapá expediu recomendação hoje (18) para que o Instituto Bras...

A criativa solução da Noruega para acabar com o lixo plástico nos oceanos

19/04/2018

A Noruega tem o que especialistas consideram o melhor sistema de reciclagem de garrafas plásticas do...