UERJ UERJ Mapa do Portal Contatos
Menu
Home > Atualidade > Editais

Editais

Universidades podem enviar projetos para programa socioambiental no Rio

Instituições de pesquisa universitária podem apresentar, até o próximo dia 23 de junho, propostas para a elaboração de um diagnóstico socioambiental de quatro comunidades vizinhas do Corcovado, morro onde está situada a estátua do Cristo Redentor, localizado no Parque Nacional da Tijuca.
O diagnóstico vai identificar as principais demandas das comunidades Guararapes, Cerro Corá, Vila Cândido e Morro dos Prazeres, com o objetivo de elaborar um Programa Socioambiental a ser implementado no prazo de duração da concessão do Trem do Corcovado, nos próximos 18 anos. A concessão foi iniciada em 2014, após processo de licitação.
As propostas encaminhadas pelas universidades serão avaliadas em conjunto com as lideranças comunitárias. Segundo a coordenadora socioambiental do Parque Nacional da Tijuca e analista ambiental, Isaura Bredariol, a ideia é ouvir as demandas das comunidades para elaboração do programa.
“A gente quer que a maior parcela possível dos moradores seja ouvida, para que tenha voz dentro das comunidades. Por isso, a gente prevê um período de até um ano para o diagnóstico.” Após a conclusão, o programa será então implementado.
A expectativa é que o diagnóstico possa começar a ser construído no fim de julho deste ano, com 12 meses para ser concluído.
O Programa Socioambiental será financiado integralmente pela concessionária Trem do Corcovado, com recursos de R$ 211,02 mil por ano, a serem corrigidos anualmente. A medida está prevista no contrato de concessão.

Mais informações: Portal Brasil

Edital AGEVAP nº 002/2017

O COMITÊ GUANDU E A ASSOCIAÇÃO PRÓ-GESTÃO DAS ÁGUAS DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PARAÍBA DO SUL AGEVAP torna público aos interessados a seleção Pública para concessão de Auxílio Financeiro para elaboração de trabalhos técnicos e científicos com recursos financeiros oriundos da cobrança pelo uso dos recursos hídricos nas Bacias Hidrográficas dos rios Guandu, da Guarda e Guandu-Mirim - Comitê Guandu.

Inscrições: 09/05/2017 à 02/06/2017

Mais informações: http://www.agevap.org.br/edital-002-2017.php

Edital seleciona projetos nas áreas de regulação e gestão de recursos hídricos

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), em parceria com a Agência Nacional de Águas (ANA), divulga nesta segunda-feira, 8, o Edital nº 16/2017, referente à seleção de propostas ao Programa de Apoio ao Ensino e à Pesquisa Científica e Tecnológica em Regulação e Gestão de Recursos Hídricos (Pró-Recursos Hídricos).
O programa tem como objetivo estimular no país a realização de projetos conjuntos de pesquisa com vistas a possibilitar o desenvolvimento de pesquisas científicas e a formação de recursos humanos pós-graduados nas áreas de Regulação e Gestão de Recursos Hídricos, contribuindo, assim, para desenvolver e consolidar o conhecimento brasileiro contemporâneo na área.
São temas prioritários, dentro da área, “Modelagem e arranjos institucionais para gestão de recursos hídricos”, “Instrumentos e ferramentas de gestão de recursos hídricos”, “Governança e participação social na gestão de recursos hídricos”, “Regulação de Recursos Hídricos”, “Monitoramento, controle e fiscalização de usos da água”, “Instrumentos, metodologias e tecnologias para alocação de água”, “Recursos Hídricos e Florestas” e “Segurança de Barragens”.
Os projetos que cumprirem os requisitos descritos no Edital devem ser inscritos até 28 de junho. O resultado está previsto para ser divulgado em julho deste ano e a implementação dos auxílio, a partir de agosto.
As propostas aprovadas serão financiadas com recursos no valor global estimado de R$ 11.556.000 para financiar despesas de custeio, capital e bolsas. Os valores de custeio e capital serão oriundos da ANA e as bolsas aprovadas na presente chamada serão pagas diretamente pela CAPES. Por projeto, está previsto o valor máximo unitário de R$ 963 mil, incluindo os valores de custeio, capital e bolsas. A duração máxima dos projetos deverá ser de 48 meses para a execução de suas atividades, podendo ser prorrogado por até 12 meses para finalização da análise dos dados.

O edital pode ser lido aqui

CNPq lança chamada de apoio a eventos para a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), lançaram a Chamada MCTIC/CNPq n° 02/2017 de apoio à Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2017. As inscrições poderão ser realizadas até o dia 5 de junho de 2017.

O objetivo é selecionar eventos de divulgação e popularização da ciência, particularmente da matemática, em todas as Unidades Federativas, que deverão ocorrer durante período de realização da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, de 23 a 29 de outubro de 2017.

As propostas devem ser encaminhadas ao CNPq exclusivamente via Internet, utilizando-se o Formulário de Propostas online, disponível na Plataforma Carlos Chagas com projetos que atendam uma das linhas:

1. Linha A - Projetos de Abrangência Estadual ou Distrital com valores até R$ 100 mil;

2. Linha B - Projetos de Abrangência Intermunicipal com valores até R$ 20 mil e

3. Linha C - Projetos Temáticos com valores até R$ 20 mil.


Mais informações: http://www.cnpq.br/web/guest/noticiasviews/-/journal_content/56_INSTANCE_a6MO/10157/5699602

CNPq e FINEP apoiam eventos nacionais e mundiais de ciência, tecnologia e inovação

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) lançou, nesta segunda-feira, 13, a chamada pública de apoio a eventos nacionais ou mundiais que visem contribuir significativamente para o desenvolvimento científico e tecnológico e a inovação do País, em parceria com a Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP). Ao todo, estão destinados R$ 17 milhões para essa ação, com valor máximo de até RS 150 mil por projeto.

Serão contemplados eventos a serem realizados no Brasil, tais como congressos, simpósios, workshops, seminários, ciclos de conferências e outros eventos similares, todos relacionados necessariamente à Ciência, Tecnologia e Inovação. Os projetos deverão ser inseridos em três Linhas de Pesquisa:

Eventos nacionais ou internacionais tradicionais da área,promovidos por sociedades ou associações científicas e/ou tecnológicas, ou eventos que sejam realizados periodicamente e que tenham abrangência nacional ou internacional;
Eventos de abrangência regional, promovidos por sociedades ou associações científicas e/ou tecnológicas, ou eventos que estejam em suas primeiras edições (com histórico inferior a dez anos);
Eventos mundiais, realizados no Brasil.
A submissão das propostas ocorrerá em dois cronogramas de acordo com o período de realização do evento:

* CRONOGRAMA 1: Para eventos das linhas 1 e 2 que serão realizados no período de 01/07/2017 a 31/12/2017 e para eventos da linha 3 que serão realizados no período de 01/07/2017 a 30/06/2018

* CRONOGRAMA 2: Para eventos das linhas 1 e 2 que serão realizados no período de 01/01/2018 a 30/06/2018 e para eventos da linha 3 que serão realizados no período de 01/07/2018 a 30/06/2019.

As propostas deverão ser encaminhadas ao CNPq exclusivamente via Internet, utilizando-se o Formulário de Propostas online, disponível na Plataforma Carlos Chagas.

Veja os detalhes na íntegra: http://cnpq.br/web/guest/noticiasviews/-/journal_content/56_INSTANCE_a6MO/10157/5652650

Prêmio FIRJAN de Ação Ambiental 2017

Estão abertas até 31 de março as inscrições para o Prêmio FIRJAN de Ação Ambiental 2017.

O Prêmio reconhece e destaca as ações bem sucedidas do setor empresarial em prol do desenvolvimento sustentável, que conciliam as atividades produtivas com a proteção ambiental, o equilíbrio econômico e o bem-estar social. Aproveite a oportunidade para mostrar o que a sua empresa faz pelo meio ambiente e tenha o seu trabalho reconhecido!

Mais informações no site www.firjan.com.br/acaoambiental

CNPq lança Chamada para apoiar Agroecologia e Produção Orgânica

O Governo Federal, por meio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), investirá R$ 10,7 milhões em pesquisas relacionadas à Agroecologia e Produção Orgânica, bem como à promoção dos Sistemas Orgânicos de Produção integrados ao ensino, pesquisa e extensão. A seleção será feita a partir da chamada MCTIC/MAPA/MEC/SAF-CASA CIVIL/CNPQ Nº 21/2016 lançada pelo CNPq no final de dezembro do ano passado. As inscrições seguem abertas até 10 de março de 2017.
Além de promover a construção e socialização de conhecimentos e técnicas na área, a chamada tem por objetivo fomentar a criação ou manutenção de Núcleo de Estudo em Agroecologia e Produção Orgânica (NEA) e de Centro Vocacional Tecnológico de Agroecologia e Produção Orgânica (CVT) nas instituições interessadas.
Os projetos deverão ser inseridos em uma das seguintes linhas · Linha 1: Criação de Núcleo de Estudo em Agroecologia e Produção Orgânica (NEA); Linha 2: Manutenção de Núcleo de Estudo em Agroecologia e Produção Orgânica (NEA); Linha 3: Criação de Centro Vocacional Tecnológico de Agroecologia e Produção Orgânica (CVT); · Linha 4: Manutenção de Centro Vocacional Tecnológico de Agroecologia e Produção Orgânica (CVT).
Mais informações sobre a chamada estão disponíveis aqui. Confira o documento e os critérios de participação aqui.

Fonte: CNPq