UERJ UERJ Mapa do Portal Contatos
Menu
Home > Atualidades > Notícias
Epidemia de antraz mata mais de cem hipopótamos na Namíbia

10/10/2017

Ao menos cem carcaças de hipopótamos foram encontradas num rio do Parque Nacional Bwabwata, na Namíbia, informou o Ministério do Meio Ambiente daquele país. De acordo com as autoridades, a mortandade foi provocada provavelmente por uma epidemia de antraz, ou carbúnculo, doença infecciosa aguda provocada pela bactéria Bacillus anthracis.
— Mais de cem hipopótamos morreram na semana passada — afirmou o ministro do Meio Ambiente, Pohama Shifeta, à AFP. — Não conhecemos a causa da morte, mas suspeitamos que se trata da doença antraz.
Imagens divulgadas pela emissora estatal Namibian Broadcasting Corporation mostram várias carcaças boiando no rio. O temor é que a doença se espalhe para outros rebanhos. De acordo com o ministério, também foram encontrados 20 búfalos mortos na região, que foram enviados para análise. Além disso, é provável que algumas carcaças dos hipopótamos tenham sido devoradas por crocodilos.
— Nossos serviços veterinários estão no local para determinar a causa das mortes — disse Shifeta. — Uma vez que tenhamos os resultados, poderemos tomar as medidas adequadas.
O governo pede que a população não coma a carne de animais encontrados mortos. Por causa do cheiro dos animais em decomposição, é difícil a permanência no local por muito tempo, mas o turismo ainda não foi afetado, pois a área onde a mortandade aconteceu é restrita à visitação.
A Namíbia é um dos principais destinos africanos para turistas que desejam apreciar a fauna do continente ou visitar as dunas do deserto do Kalahari. De acordo com os últimos levantamentos, o país tem cerca de 1.300 hipopótamos.
O antraz é uma doença infecciosa aguda que afeta tanto animais como humanos. A bactéria Bacillus anthracis se tornou popularmente conhecida em 2001, quando cartas contaminadas foram enviadas a órgãos do governo e veículos de imprensa nos EUA nas semanas posteriores ao atentado terrorista de 11 de setembro. Cinco pessoas morreram.

Fonte: O Globo

Novidades

Livro traz histórias e curiosidades de plantas e árvores do Jardim Botânico

07/12/2017

Quatro mulheres uniram seus talentos para eternizar parte da flora do Jardim Botânico nas páginas de...

Abandono de obra em túnel foi determinante para abertura de cratera na BR-040

07/12/2017

A falta de monitoramento do túnel da Nova Subida da Serra, na rodovia BR-040, foi um fator determina...

Prêmio Celso Furtado homenageia pesquisas sobre desenvolvimento regional

07/12/2017

Autores de diversas pesquisas sobre desenvolvimento regional receberam, na última terça-feira, 5, o ...

Projeto apoiado pela CAPES faz descobertas em mar profundo

07/12/2017

Uma descoberta associada ao “Projeto ASpECTO - Assimetria na distribuição de energia entre as corren...

Cientistas transformam cerveja em combustível para automóveis

07/12/2017

Na luta contra as mudanças climáticas, a busca por substitutos do petróleo é urgente. Nesse sentido,...

Dieta mais saudável contribui para a saúde do meio ambiente em países ricos

07/12/2017

Uma dieta mais saudável em países ricos contribui para a redução de gases causadores do efeito estuf...