UERJ UERJ Mapa do Portal Contatos
Menu
Home > Atualidades > Notícias
Flutuam no Ártico 300 bilhões de itens de plástico, mostra estudo

20/04/2017

Centenas de bilhões de pedaços de plástico estão flutuando no outrora intocável Ártico, segundo um novo estudo — uma indicação surpreendente do quão poluído o planeta se tornou. De acordo com estimativas, até 2050, haverá mais poluição plástica nos oceanos do que peixes.
Enquanto a maioria das águas do Ártico tem poucos detritos plásticos, os pesquisadores descobriram dois grandes "becos sem saída" — na Groenlândia e no Mar de Barents, que fica ao norte da Noruega e da Rússia —, onde o plástico transportado ao longo de milhares de quilômetros por correntes oceânicas tem se reunido. O estudo foi conduzido pelo pesquisador Andres Cozar, da Universidade de Cadiz, na Espanha, e teve seus resultados publicados na revista "Science Advances".
Cozar descreveu como a equipe internacional liderada por ele viajou por grande parte das águas livres de gelo do Círculo Ártico, coletando plástico. A conclusão foi que as áreas mais poluídas na parte mais setentrional e oriental dos mares da Groenlândia e de Barents contêm centenas de milhares de peças por quilômetro quadrado.
— Os detritos plásticos eram abundantes e difundidos nos mares da Groenlândia e de Barents — diz o artigo publicado. — A carga total de plástico flutuante nas águas livres de gelo do Oceano Ártico foi estimada em torno de 100 a 1.200 toneladas, com 400 toneladas compostas de cerca de 300 bilhões de itens de plástico como uma estimativa de médio alcance.
Os pesquisadores também disseram que as correntes oceânicas fizeram de cada uma dessas áreas "um beco sem saída para esta rede transportadora de plástico", que vem do continente.
— A fragmentação e a tipologia do plástico sugerem uma presença abundante de detritos envelhecidos, que se originaram de fontes distantes — afirma o estudo.

Leia mais em O Globo

Novidades

Prefeitura do Rio lança campanha contra massacre de macacos por causa da febre amarela

22/02/2018

A Prefeitura do Rio lançou nesta quarta-feira uma campanha para conscientizar a população contra o m...

Exames confirmam morte de macaco por febre amarela em Paraty

22/02/2018

A prefeitura de Paraty, na Costa Verde, informou que a Secretaria estadual de Saúde confirmou a mort...

Argentina confirma primeiro caso ´importado´ de febre amarela

22/02/2018

A Argentina confirmou o primiero caso de febre amarela no país. Um jovem de 28 anos, que mora em Bue...

Trilha fica submersa em água cristalina após chuva intensa em MS

22/02/2018

Um vídeo feito por um guia turístico mostra um fenômeno que ocorreu no dia 2 de fevereiro, na região...

Comissão externa da Câmara dos Dep. investiga possível vazamento de mineradora no PA

22/02/2018

A Câmara dos Deputados criou uma comissão externa para averiguar possível rompimento das bacias de r...