UERJ UERJ Mapa do Portal Contatos
Menu
Home > Atualidades > Notícias
Flutuam no Ártico 300 bilhões de itens de plástico, mostra estudo

20/04/2017

Centenas de bilhões de pedaços de plástico estão flutuando no outrora intocável Ártico, segundo um novo estudo — uma indicação surpreendente do quão poluído o planeta se tornou. De acordo com estimativas, até 2050, haverá mais poluição plástica nos oceanos do que peixes.
Enquanto a maioria das águas do Ártico tem poucos detritos plásticos, os pesquisadores descobriram dois grandes "becos sem saída" — na Groenlândia e no Mar de Barents, que fica ao norte da Noruega e da Rússia —, onde o plástico transportado ao longo de milhares de quilômetros por correntes oceânicas tem se reunido. O estudo foi conduzido pelo pesquisador Andres Cozar, da Universidade de Cadiz, na Espanha, e teve seus resultados publicados na revista "Science Advances".
Cozar descreveu como a equipe internacional liderada por ele viajou por grande parte das águas livres de gelo do Círculo Ártico, coletando plástico. A conclusão foi que as áreas mais poluídas na parte mais setentrional e oriental dos mares da Groenlândia e de Barents contêm centenas de milhares de peças por quilômetro quadrado.
— Os detritos plásticos eram abundantes e difundidos nos mares da Groenlândia e de Barents — diz o artigo publicado. — A carga total de plástico flutuante nas águas livres de gelo do Oceano Ártico foi estimada em torno de 100 a 1.200 toneladas, com 400 toneladas compostas de cerca de 300 bilhões de itens de plástico como uma estimativa de médio alcance.
Os pesquisadores também disseram que as correntes oceânicas fizeram de cada uma dessas áreas "um beco sem saída para esta rede transportadora de plástico", que vem do continente.
— A fragmentação e a tipologia do plástico sugerem uma presença abundante de detritos envelhecidos, que se originaram de fontes distantes — afirma o estudo.

Leia mais em O Globo

Novidades

Para especialistas, bueiros entupidos são os grandes vilões dos alagamentos

22/06/2017

Em apenas algumas horas, choveu mais, na terça-feira, do que o esperado para o mês de junho em pelo ...

Biólogo denuncia acúmulo de lixo em lagoas da Barra após chuvas fortes na cidade

22/06/2017

O alagamento de ruas em diversos pontos da cidade não foi o único problema causado pelas fortes chuv...

Golfinho morre com tira de chinelo presa ao focinho no litoral de São Paulo

22/06/2017

Um golfinho foi encontrado morto com um chinelo preso no seu focinho em Ubatuba, no litoral norte de...

Dois pontos de banho são fechados na BA após turistas serem infectados por doença de caramujo

22/06/2017

Dois locais utilizados por moradores da cidade baiana de Lençóis para banho foram interditados após ...

Ondas de calor fatais aumentarão mesmo se aquecimento se limitar a 2ºC

22/06/2017

As mudanças climáticas vão aumentar a frequência das ondas de calor letais, mesmo que a humanidade c...

Termina prazo para renovação de empréstimo para projeto de despoluição da Baía de Guanabara

22/06/2017

A crise nos cofres do Rio de Janeiro pode inviabllizar um investimento milionário para despoluir a B...