UERJ UERJ Mapa do Portal Contatos
Menu
Home > Atualidades > Notícias
Defesa Civil aponta risco alto de incêndios para o estado de SP

20/06/2024

O CGE (Centro de Gerenciamento de Emergência) da Defesa Civil de São Paulo publicou nesta segunda-feira (17) uma previsão que alerta para o alto risco de incêndio em todo o estado durante a semana, com destaque para as regiões centro e oeste.
O mapa de risco é um instrumento que ajuda a Defesa Civil no monitoramento de queimadas em vegetação durante o período de estiagem.
Ele mostra uma cor totalmente avermelhada, o que chamou a atenção de técnicos da Defesa Civil. Nas regiões centro e oeste, a cor roxa indica grau máximo de risco, em uma situação bastante crítica.
A explicação para o risco elevado de incêndios florestais é a ausência de chuva e a baixa umidade relativa do ar em todo o território paulista.
"O estado de São Paulo possui um outono e inverno com climatologia de tempo mais seco, com tendência para que a umidade relativa do ar diminua significativamente, atingindo níveis mais críticos diariamente, ou seja, valores abaixo dos 30% em praticamente todas as áreas monitoradas", explica Willian Minhoto, meteorologista da Defesa Civil.
O tempo seco e quente deve permanecer pelo menos até a próxima segunda-feira (24), com ausência completa de chuva e umidade relativa do ar abaixo dos 30% em diversos municípios.
Segundo estudos do Painel Geoestatístico dos Incêndios Florestais em Unidades de Conservação e Áreas Protegidas, da Secretaria de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística, em 2023 mais de 90% dos 158 focos de incêndio em áreas protegidas tiveram como causa ações humanas que poderiam ter sido evitadas.
Por isso, a Defesa Civil recomenda medidas de prevenção como não colocar fogo em áreas de vegetação seca, não jogar bitucas de cigarro em beiras de rodovias, não realizar a limpeza de áreas rurais utilizando técnicas de fogo, não queimar lixo e não soltar balão.
Em 2023, a área total atingida por incêndios florestais foi de 1.030 hectares em todo o estado de São Paulo. Em 2022 o número foi de 7.181, ou seja, houve uma queda de 86% de um ano para outro.
O software da Defesa Civil funciona 24 horas por dia e é alimentado a partir de algoritmos que compilam dados sobre elementos como o nível de chuva, cobertura vegetal, umidade do ar e do solo, temperatura e velocidade do vento.
O mapa disponibiliza modelos com previsão para os próximos cinco dias. A escala possui quatro níveis e vai do risco baixo (cor amarela) ao risco emergência (cor roxa).
Diariamente, o CGE encaminha o mapa de risco de incêndio para todas as coordenadorias municipais. As que estão em uma área com risco mais elevado recebem um indicativo de alerta para adoção de medidas de prevenção, como vistorias nas áreas mais suscetíveis às queimadas, construção de aceiros e intensificação das campanhas de conscientização.

Fonte: Folha de S. Paulo

Novidades

Onça é pintada aos pés do Cristo Redentor; outras esculturas do felino estão no Arpoador

11/07/2024

A escultura de uma onça foi pintada aos pés do Cristo Redentor nesta quarta-feira pelo artista amazo...

Operação no Pantanal conseguiu extinguir 55% dos focos de incêndio, diz Marina Silva

11/07/2024

A ministra do Meio Ambiente e Mudança Climática, Marina Silva, disse nesta quarta-feira (10) que dos...

Por que amazônia virou ´barril de pólvora´ e queimadas batem recordes

11/07/2024

Depois do pantanal e do cerrado, a amazônia também bate recorde de queimadas no primeiro semestre de...

Degradação da vegetação nativa do Brasil pode ser de 25%

11/07/2024

Entre 1986 e 2021 o Brasil de 11% a 25% de toda a vegetação nativa do Brasil esteve suscetível ao pr...

´Quando o resíduo está valorizado, ele não vai parar no mar´, diz gerente de circularidade do Pacto Global da ONU

11/07/2024

Fragmentos de plástico, bitucas de cigarro, pedaços de isopor, tampinhas de garrafas plásticas e emb...

Regulação de hidrogênio verde com energia limpa avança no Congresso; entenda como deve funcionar

11/07/2024

O Senado aprovou a política que vai possibilitar, no Brasil, a produção de hidrogênio a partir de en...