UERJ UERJ Mapa do Portal Contatos
Menu
Home > Atualidades > Notícias
Tubarão de 150 kg é capturado ´sem querer´ e surpreende grupo em SP

19/11/2019

Um tubarão pesando mais de 150 kg foi capturado em uma rede em Guarujá, no litoral de São Paulo, no domingo (17). De acordo com banhistas ouvidos pelo G1 nesta segunda-feira (18), pescadores pegaram o animal em uma rede de pesca e ele já estava quase morto quando chegou à praia.
O animal, da espécie Mangona (Carcharias taurus), foi pescado próximo ao Morro do Mar Casado. A rede que fisgou o animal era de pescadores que trabalham com ‘rede de espera’, quando eles armam a rede em um dia e, no outro, voltam ao local para puxar e recolher o que ela capturou.
O G1 apurou que no momento que os pescadores puxaram a rede, foram surpreendidos pelo tubarão que já veio fragilizado, respirando com dificuldade.
Josiane Ferreira da Silva, de 26 anos, fez os registros do animal. O tubarão foi levado para a casa de um dos pescadores, onde foi feita a divisão da carne. "Eles chegaram aqui no bairro por volta das 20h30. O tubarão já estava bem fraquinho. Aqui eles decidiram fazer a divisão entre eles", explica.
Segundo a cabeleireira, foi feita a pesagem do animal e, de acordo com os pescadores, ele pesava 150 kg sem a cabeça.
De acordo com especialistas, a espécie Mangona pode chegar a quatro metros de comprimento e pesar até 200kg. Ele é comum na região do litoral de São Paulo por gostar de águas rasas. Apesar da aparência, o animal não é agressivo e não oferece riscos para os banhistas.
"Esse tubarão pescado pelo pescadores, aparentemente, é uma fêmea. Ele é um peixe extremamente inofensivo para o ser humano. Apesar das mandíbulas expostas, com os dentes enormes, é um animal que se alimenta de pequenos peixes, crustáceos e moluscos. É muito dócil e não oferece perigo nenhum ao ser humano", explicou o biólogo Eric Comin.
Ainda segundo ele, o consumo da carne de tubarão não e recomendada. "A alimentação do tubarão acaba contaminando ele com mercúrio e a ingestão da carne do animal pode contaminar o ser humano também. Esse mercúrio pode atuar no sistema nervoso central e causar problemas."

Fonte: G1

Novidades

Doações garantem abertura de 100 leitos de CTI em hospitais públicos do Rio

02/04/2020

A chegada da Covid-19 expôs a fragilidade da rede pública hospitalar do Rio e, na corrida pela ativa...

Fiocruz: desaceleração nos casos de síndromes respiratórias no Rio pode ter ocorrido por causa de isolamento social

02/04/2020

O isolamento social de parte da população do Rio por causa do coronavírus pode estar tendo os primei...

Coronavírus desafia sustentabilidade com maior acúmulo de lixo caseiro e hospitalar

02/04/2020

O maior tempo gasto dentro de casa para combater a expansão do novo coronavírus tem uma consequência...

Retirada do óleo de navio encalhado no MA foi concluída, diz Marinha

02/04/2020

A Marinha informou que foi concluída na sexta (27) a operação de retirada do óleo dos tanques do nav...

Fotógrafo consegue imagem rara de harpia e filhote no ninho

02/04/2020

Um fotógrafo de Rondônia conseguiu registrar uma harpia com seu filhote no ninho, uma rara cena de u...

Filhote de urso-negro órfão se recupera em zoo na Califórnia

02/04/2020

Um pequeno filhote órfão de urso-negro tem mostrado boa recuperação após passar algumas semanas sob ...